Novas oportunidades para o turismo interno no Brasil

Surgem novas oportunidades para o turismo interno no Brasil

Diante da pandemia de coronavírus que impacta o turismo mundial, não podemos perder as esperanças. Vamos criar novas formas de acender o turismo interno.

Os impactos do coronavírus no turismo mundial já são escandalosamente críticos, não somente nos meios de transportes aéreos e ferroviários como também na hotelaria e toda a cadeia turística. Eventos estão sendo adiados e voos, cancelados, reduzindo a ocupação em hotéis, principalmente em destinos considerados de riscos. Assim os sistemas turísticos vêm sofrendo e impactando a economia mundial de forma trágica.

Os resultados futuros destes impactos ainda não podem ser mensurados, pois a ordem e a gravidade de contaminação ainda são incerta para todos os países. Mas o que podemos fazer diante deste cenário global de pandemia para amenizar suas consequências para o turismo no Brasil?

Quando estamos diante de um grande problema, muitas vezes fechamos os olhos para novas oportunidades de negócios. Portanto, vamos nos lembrar de um velho ditado, “se a vida te der um limão, faça uma limonada”.

Podemos olhar para o turismo interno sob outra ótica, como uma fonte de novas oportunidades de incremento para viagens internas.

O Brasil é exuberante em seu patrimônio natural e cultural e pode se beneficiar com a alta do dólar que encarece viagens ao exterior. Por outro lado, há limitações para fora das fronteiras do Brasil em função do alto risco de contaminação pelo coronavírus. Isto pode influenciar e limitar viagens ao exterior.

Uma das oportunidades que temos é aproveitar para melhorar o atendimento do turismo interno, ampliando programas de qualificação de serviços em busca da excelência. Dar atenção redobrada aos cuidados de higiene em locais públicos e privados, observando as recomendações das áreas de saúde local, garantindo assim maior tranquilidade do turista interno.

Outro aspecto importante que vale considerar como oportunidade são as novas descobertas dos roteiros turísticos. Precisamos olhar com mais atenção para o turismo interno. O Brasil tem localidades ainda inexploradas turisticamente que podem ser tratadas de forma estratégica, captando aquele turista que prefere lugares bucólicos, longe dos agitos e aglomerações das grandes cidades.

Podemos investir no turismo sustentável, aquele que se constrói com estratégias certas em busca do equilíbrio social, ambiental e econômico. Temos as chances de unir a vontade de um povo hospitaleiro a políticas públicas que garantam infraestrutura para assegurar as condições essenciais ao desenvolvimento deste segmento tão importante para a economia do país.

O Brasil tem grande potencial ainda a ser desenvolvido turisticamente. Vamos explorar novos destinos de forma sustentável. Temos potencial para transformar o Brasil no melhor destino turístico do mundo. A hora é agora.

Roseli Capudi é palestrante e consultora em gestão sustentável e também empresária na hotelaria. Foi presidente da Instância de Governança de Turismo e atuante no turismo regional. Conhece diversos países e considera o potencial turístico do Brasil como fonte de riqueza e renda ainda a ser explorado estrategicamente e de forma sustentável.

Deixe um Comentário